2018 é o ano certo para investir em imóveis!

2018 é o ano certo para investir em imóveis!

Queda da taxa de juros

Os esforços do governo em reanimar a economia por meio da redução da taxa básica de juros têm permitido um aumento do acesso aos recursos voltados ao crédito imobiliário. A expectativa é de que a Taxa Selic continue caindo em 2018, chegando a 6,75% ao ano, um valor considerado baixo para um país de alta carga tributária como o Brasil. E essa medida já tem refletido positivamente no mercado de imóveis e encorajado o consumidor a investir novamente. 

Reaquecimento da economia

De acordo com a Pesquisa do Mercado Imobiliário, realizada pelo Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), em janeiro de 2018 foram realizadas a comercialização de 1.692 unidades residenciais novas. O resultado representa redução de 65,9% em relação às 4.969 unidades comercializadas no mês anterior. Entretanto, comparado ao volume de 622 unidades comercializadas em janeiro de 2017, houve crescimento de 172,0%.

E, graças ao reaquecimento da economia, a expectativa para este ano, tanto para economistas quanto para sindicatos e associações da construção civil e do setor imobiliário, a tendência maior é que os imóveis voltem a ter preços maiores. Por isso, vale ressaltar que a hora de investir em imóveis é agora, já que a recuperação dos valores deve ser restabelecida até o fim do primeiro semestre de 2018.

Bem tangível

Ao contrário de outras aplicações, neste caso você vê (e ainda pode tocar) o dinheiro investido. Ele tem nome e endereço além de folhas de papel. Mesmo que haja mudanças no governo ou na economia, o imóvel permanece à disposição. 

Solidez e Valorização

O imóvel é um patrimônio que não pode ser congelado e nem confiscado, e resiste a crises financeiras. Bem escolhido, em um bairro com boa infraestrutura e mobilidade, o imóvel se valorizará. 

Fonte: Secovi-SP