Dicas e apps para facilitar a vida de quem vai viajar sozinho

Dicas e apps para facilitar a vida de quem vai viajar sozinho

Viajar só com você é inspirador. Mas no meio de uma viagem existe, sim, a possibilidade de você embarcar em uma furada. 

Por isso, confira algumas dicas para você aproveitar bem a sua viagem e evitar roubadas: 

Acomodação: pesquise bem a respeito do destino escolhido para evitar furadas. Consulte pessoas que viajaram para o mesmo local e pesquise em redes sociais par ver as experiências de outras pessoas. Para decidir a acomodação perfeita, utilize aplicativos como Trip Advice, Hostel World, Airbnb e o Be Local Exchange que mostram avaliações, relatos de hóspedes e as melhores acomodações de acordo com o seu orçamento.  

Evite o luxo: evite usar malas e bolsas de grife que chamem atenção e deixem você mais vulnerável. Procure vestir-se de forma mais simples, deixando joias e artigos de luxo de lado. Que tal tentar se adequar à moda local? 

Alimentação: O Swarm funciona junto com o Foursquare e, ao fazer o check-in, o viajante consegue descobrir eventuais amigos que estão próximos ao local ou que já estiveram lá. Também é possível encontrar o restaurante perfeito colocando filtros de proximidade e vendo dicas sobre pratos e experiências de quem passou por determinados locais.

Locomoção: baixe aplicativos para auxiliar na locomoção, mas não se esqueça de conferir e anotar todos os endereços e percursos antes de chegar ao destino.  Sugestões: o Moovit é um app gratuito de transporte público e está disponível em 67 países, em mais de 1200 cidades e em 43 idiomas. Ele ajuda o viajante a identificar as melhores rotas, horários e duração do percurso; outra opção é a plataforma francesa de compartilhamento de viagens, BlaBlaCar. Ideal para quem quer viajar de carro, o app permite encontrar passageiros para ocupar assentos livres no carro de alguém. Já no caso de táxis, prefira carros credenciados e evite os de rua. Pergunte o preço antes de entrar ou exija que o taxímetro esteja ligado. 

Mapas off-line: disponibilize acesso a mapas off-line. Com o Maps.me você baixa o mapa do país específico e calcula itinerários, a pé e de carro. Boa alternativa, o Google Maps também oferece a opção de ter todas as informações sem internet. 

Documentos: faça e guarde uma cópia digitalizada de todos os documentos necessários para a viagem: passaporte, identidade, comprovantes de vacinas, cartão de crédito e seguro viagem para casos de emergência. Faça uma cópia de tudo e deixe o seu roteiro com sua família ou amigos para que eles saibam onde te achar, se preciso. 

Fonte: Viagem UOL