Menopausa pode deixar o cabelo mais fino, áspero e sem brilho

Menopausa pode deixar o cabelo mais fino, áspero e sem brilho  

Mesmo naturais, as mudanças hormonais que ocorrem durante a menopausa são capazes de alterar muitos aspectos da aparência, como a saúde da pele e dos cabelos. “A menopausa gera um grande impacto nos cabelos, tanto na sua quantidade, quanto em sua qualidade. Os fios tornam- se mais finos, mais ásperos e sem brilho enquanto a densidade capilar sofre uma diminuição. Há uma redução de 20%, segundo estudo realizado com a população chinesa em 2015”, afirma a dermatologista e tricologista Dra. Kédima Nassif, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Associação Brasileira de Restauração Capilar.

Além disso, é comum nessa fase a canície, ou seja, o embranquecimento dos fios, que atinge, segundo estudos, 50% do total de cabelos de metade da população na faixa etária dos 50 anos.

Como há essa queda nos níveis dos hormônios femininos, os hormônios masculinos (andrógenos) tornam-se mais dominantes. “Em mulheres geneticamente suscetíveis, os folículos capilares podem se tornar sensíveis a uma forma de testosterona chamada di-hidrotestosterona (DHT), e os níveis de uma enzima chamada 5-alfa-redutase podem aumentar. O problema é que isso pode propiciar (ou piorar) a queda capilar, já que os cabelos sofrerão um processo de afinamento progressivo e rarefação”, explica a médica. 

Tratamentos

A primeira etapa de um tratamento capilar é sempre a procura de um especialista (dermatologista ou tricologista). “Mas temos que ter em mente que, como o envelhecimento capilar é um processo contínuo e irreversível, o tratamento usa de estratégias para minimizar seu efeito, de modo semelhante ao que é feito com o envelhecimento da pele”, explica. No caso da melhora da qualidade dos fios, a Dra. Kédima lembra que, para melhorar a textura dos fios, é indicada a reposição dos nutrientes perdidos nos fios de cabelo abusando da umectação com óleos vegetais como os de coco e argan e nutrição capilar com boas máscaras e terapia capilar.