Petiscos naturais ajudam a educar e cuidar da saúde do cão

Petiscos naturais ajudam a educar e cuidar da saúde do cão

Ninguém gosta de comer a mesma coisa todos os dias e com os pets não é diferente. A ideia de ensinar por meio de recompensa, dando petiscos, utiliza exatamente essa grande vontade de sentir gostos diferenciados. 

Mas é preciso tomar muito cuidado com a quantidade e qualidade dos petiscos que estão sendo oferecidos para o cachorro porque, em excesso, eles podem atacar o estômago e o fígado dos bichinhos, causando diarreia e até possíveis vômitos.

Sem conservantes, excesso de química e muito nutritivos, os petiscos naturais podem, além de ajudar na educação do cachorro, complementar a alimentação baseada principalmente em rações. Exemplos de petiscos bons: frutas com banana, pera, manga, morango, coco e goiaba; verduras como abóbora, brócolis, aspargo, chuchu e couve flor. Existe também a opção de cozinhar alguns biscoitos e misturas. Para saber qual é o mais indicado para o seu cachorro e poder comprar os ingredientes certos é preciso conversar com um veterinário.

Fonte: Canal do Pet